Lockheed demonstra capacidade do Link 16 no F-22
Articles Blog

Lockheed demonstra capacidade do Link 16 no F-22

August 15, 2019


o logo que demonstra a capacidade do link 16 no f 22 principal causa da usar ainda não se comunica com outros tipos de plataformas e portando não atua dentro da mesma rede de troca de informações a loquei martin demonstrou que pôde corrigir uma das maiores falhas dos seus caças furtivos f-22 e f-35 a incapacidade de enviar e receber dados de uma aeronave para outra nt embora seja possível a transferência de dados de um modelo de aeronave furtiva para outra do mesmo modelo a tecnologia atual apresenta limitações ou para caças de gerações mais antigas como parte da filosofia de guerra centrada em redes [Música] a empresa apresentou recentemente um novo recurso de enlace de dados data link para os caças através do projeto mysore durante a demonstração da ok validou a utilização do sistema de lasse de dados atual em que 16 para o bimotor f 22 raptor bem como apresentou uma forma de onda desenvolvida pela ele três comunicativos e otimizada para a equipe ele pd lu probability wolf intercepte barrá-lo probability wolf detection transmissión ons disse um desse vice presidente de tecnologia e inovação da ascom kooks [Música] a demonstração necessitou de oito horas de vôo e ocorreu entre os dias 17 e 19 de dezembro descia a via tinha um link os ensaios empregará um f 22 raptor da força aérea o zaff bem como f-35 cooperativa avionics deste benedict bid em laboratório voador baseado no boeing 737 que é usado para testar o software do joint strike fighter o f-22 foi capaz de transmitir um terminal link 16 em solo o f-22 foi projetado para se comunicar apenas com outros raptor em um esforço para reduzir as emissões dos aviões e manter a discrição do sinal no caso de um engajamento simples [Música] no entanto por causa de uma redução drástica no número de raptores adquiridos 187 aviões operacionais aeronave deve agora se comunicar com o f-35 que deverá entrar em serviço no próximo ano bem como os caças de quarta geração como f-15 efe – 16 e f 18 a chamada capacidade quarta para quinta foi destacada como uma necessidade na semana passada pelo chefe do estado maior da força aérea o brigadeiro marco hoje durante o simpósio anual dar força association igual faria em orlando na flórida mas faltava uma exigência concreta e financiamento [Música] descrevendo a tecnologia como nada cósmico hoje disse que tal ligação ampliariam alcance melhoraria a eficácia de cada plataforma aí em última análise o que é necessário é o manuseio de qualidade dos dados ou seja dados de uma aeronave podem ser utilizados por outra para disparar com precisão 11 arquivado [Música] nós demonstramos que os dados foram transmitidos uma taxa elevada o suficiente para apoiar rápida atualização das faixas aéreas para quem possui ele em que 16 de se vestirem [Música] caso essa capacidade e siga para a área operacional o f-22 poderia ser usado para melhorar a eficácia do f-15 e f-16 em uma batalha era em que a maioria dos caças mais antigos não possui radar de varredura eletrônica ativa [Música] o radar da northrop grumman instalado no f 22 é capaz de detectar ameaças aéreas a distâncias muito superiores às dos radares dos caças mais antigos o bce disse que há um dhabi e ele pediu ainda precisa de alguma maturação adicional mas ele se recusou a discutir se estamos em outra plataforma tal forma de onda seria útil para o p2 novas aeronaves não tripuladas com a northrop grumman r que 180 e qualquer outro sistema na esperança de reduzir as emissões de freqüência de rádio para realizar operações furtivas os equipamentos ainda estão em um nível de prontidão tecnológica 9 disse ele indicando que mais trabalho precisa ser feito antes que possa ser comprovado em um ambiente relevante conquistar o status de programático completo do pentágono [Aplausos] a instalação do chamado hack de arquitetura de sistema perto osa assim como rádio ocorreram dentro de um ano desde que começaram os esforços para adicionar o link 16 no raptor de se ver se ele [Música] os hacks rosa também permitem outras operações tais como ataque eletrônico distribuído embora esta não tenha sido demonstrada o que aprendemos nesta demonstração é que é um poder tremendo na força aérea para padrões de arquitetura demissão aberta de speciale o equipamento foi instalado na baía de aviônicos do f-22 [Música] através do projeto mysore alô cage está tentando atingir uma capacidade semelhante à oferecida pelo gepac strike fitter inter prise terminal de no tropical mas gente um avião furtivo o get back foi uma solução montada em caso esteja incorporada nos caças furtivos f-22 e f-35 mas que compromete a baixa se são retalhada dessas aeronaves alô cage está apresentando os resultados para oficiais da força aérea espera que haja um requisito oficial para tal capacidade fornecedores como a ele três compartilham custo da demonstração mas a equipe está esperando por um sinal da força aérea para continuar o trabalho se o financiamento não fosse um problema o sistema link 16 para o f-22 poderia estar operacional até o final deste ano diz que se ele um dos objetivos da demonstração foi a criação de um projecto reutilizável seja software ou hardware diz ele funcionários da empresa estão ansiosas para ver a reação da força aérea o programa foi apelidado de projeto de mysore como uma resposta a uma demanda do comandante do avaí combate com mandy brigadeiro mychael estágio ele disse para a empresa mostre me que é possível coloquei de informou os planos para demonstração para ele antes do início dos ensaios isto de se observa é o lema do missouri o estado mostra me [Música] é

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *